Panamá: 12 lugares para conhecer além do Canal

Oi gente, convidei a super blogueira de viagem Lala Rebelo, autora do LALAREBELO.COM, para contar um pouquinho sobre as belezas que existem no país onde ela mora, o Panamá. Tenho certeza de que vocês irão se surpreender!

Por Lala Rebelo

Quando se fala em Panamá, a primeira coisa que vem ao pensamento de quase todo mundo é o famoso canal, que liga o oceano Atlântico ao oceano Pacífico. Ah, e claro… Tem também o tal do chapéu, enfeitando cabeças de cidadãos do planeta inteiro há mais de um século.

Mas o que muita gente não sabe, é que esse pequeno país da América Central, vizinho da Colômbia e da Costa Rica e bordeado por dois oceanos, guarda tesouros preciosos e pouco explorados, em quase todo o seu território.

Pelo aeroporto, apelidado de Hub das Américas, milhares de turistas já passam todos os dias, indo da América do Sul a dezenas de destinos na América do Norte e no Caribe. Inclusive, a viagem mais comum em que o Panamá fica “no meio” é justamente entre o Brasil e Miami.

A ideia de trazer esse post para vocês hoje é justamente para incentivá-los a não só “passar” pelo Panamá quando estiverem a caminho da Flórida, mas sim aproveitar e ficar uns dias no país.

Selecionei 12 lugares panamenhos incríveis que vão fazer valer a pena (e muito!) a sua “esticada” aqui:

1 – Arquipélago de San Blas
01.1-SanBlas
San Blas – Foto: Lala Rebelo

Sou simplesmente APAIXONADA por esse lugar. O que explica o fato de já ter ido até lá mais de 20 vezes! rs. San Blas é um arquipélago com mais de 360 ilhas no Mar do Caribe (costa atlântica do Panamá), a cerca de 2h de carro + barco da capital. O território é uma comarca indígena, então trata-se de um passeio suuuuper rústico (já que ninguém pode investir no local, além dos próprios “donos”, os índios Kuna). Mas é imperdível. Que tal uma ilha para cada dia do ano?! Não existem hotéis e a hospedagem é feita em cabanas de madeira e bambu ou em barracas.

Onde se hospedar: Isla Iguana, Isla Coco Blanco ou em veleiro.

2 – Bocas del Toro
Bocas Del Toro. Foto: Lala Rebelo
Bocas Del Toro. Foto: Lala Rebelo

Outro arquipélago no Caribe Panamenho. Este fica no extremo oeste do país, já quase na fronteira com a Costa Rica. Para chegar, tem que ir de avião da Cidade do Panamá (apenas 50 min de vôo) ou de carro (cerca de 9h de viagem). Famoso pela rusticidade, pelas casinhas coloridas suspensas sobre o mar e pela água cristalina, seja em praias calmas ou em praias com ondas perfeitas para o surf.

Onde se hospedar: Selina Hostel ($), Hotel El Limbo ($$), Hotel Bocas Town ($$$) ou Azul Paradise ($$$$$).

3 – Cidade do Panamá – Parte moderna
Cidade do Panamá - Foto: Lala Rebelo
Cidade do Panamá – Foto: Lala Rebelo

A parte moderna da Cidade do Panamá já foi até apelidada de Dubai das Américas, devido a enorme quantidade de prédios altíssimos! O que eu moro tem 66 andares!! E são construções super mirabolantes: imitando vela de navio, parafuso… E por aí vai! Vale passar um dia todo caminhando em frente aos prédios (Cinta Costera) para tirar fotos. Além disso, a capital é cheia de restaurantes charmosos e shoppings enormes.

Onde se hospedar: Hard Rock Hotel Megapolis ($$$$), Hilton Panamá ($$$$) ou Ramada Plaza ($$).

4 – Casco Viejo da Cidade do Panamá
Casco Viejo - Foto: Lala Rebelo
Casco Viejo – Foto: Lala Rebelo

O Casco Viejo (ou Casco Antiguo) é a zona histórica/colonial, Patrimônio Mundial da UNESCO. O local é cheia de ruelas estreitas, praças e casinhas coloridas restauradas, que hoje são restaurantes e hotéis boutique. Uma delícia passear pelo local. Quem já esteve em Cartagena, na Colômbia, ou em San Juan Viejo, em Porto Rico, vai saber do que eu estou falando. São bem parecidos! Uma graça.

Eu prefiro a opção de se hospedar na parte moderna da cidade, mas pra quem prefere estar em um ambiente mais “nostálgico”, o Casco Viejo também é uma ótima opção.

Onde se hospedar: American Trade Hotel ($$$$) e Tantalo ($$$).

5 – Portobelo
Portobelo - Hotel El Otro Lado - Foto: Lala Rebelo
Portobelo – Hotel El Otro Lado – Foto: Lala Rebelo

Portobelo é uma cidade localizada na costa atlântica do Panamá (ou melhor dizendo, “caribenha”).  Faz parte de um Parque Nacional com aproximadamente 350km2, e suas ruínas e fortes foram declarados Patrimônio Mundial pela UNESCO. Possui dezenas de praias e ilhas lindas, com água super clarinha (Isla Mamey, Playa Blanca, Playa Puerto Frances, Isla Grande etc.). E o melhor, está a apenas 90 minutos de carro da capital.

Onde se hospedar: Hotel El Otro Lado ($$$$$) e Casa Congo ($$$).

6 – Isla Contadora
Isla Contadora - Foto: whalewatchingpanama.com
Isla Contadora – Foto: whalewatchingpanama.com

Esta ilha pertence ao Arquipélago Las Perlas e fica no Oceano Pacífico (mas é tão azulzinha que até parece Caribe). Facinho de chegar saindo da capital, pegando apenas uma balsa que faz o trajeto em aproximadamente 1 hora. A ilha é famosa por suas belas praias e também pelas baleias jubarte, que em alguns meses do ano se reproduzem ao redor da ilha e tornam um simples passeio de barco simplesmente fascinante!

Além de Contadora, há outras ilhas lindas no mesmo arquipélago, como San José, Saboga e Viveros.

Onde se hospedar: Perla Real By The Sea ($$$$), Perla Real Inn ($$$) e B&B Gerald ($$).

7 – Boquete & Vulcão Baru
07.1-Boquete-Vulcao-Baru
Boquete- Vulcão Baru – Foto: serenityvista.com

Sei o quanto o nome dessa cidade pode soar engraçado para nós brasileiros, mas em espanhol, idioma do Panamá, isso não tem nada a ver! hehehe. Boquete é uma cidade fofinha, com um clima gostoso (friozinho), cheia de plantações de café (considerado um dos melhores do mundo!! Prove!) e cercada pelo Vulcão Baru, no qual você pode subir e avistar a Costa Rica e os oceanos lá de cima (se o tempo não estiver nublado).  Muita gente conhece Boquete quando vai a Bocas del Toro, pois os dois destinos estão próximos (no extremo oeste do Panamá, perto da fronteira com a Costa Rica).

Onde se hospedar: The Riverside Inn ($$$) e Finca Lerida ($$$$).

8 – Playa Venao – Pedasí
08.1-Playa-Venao-Pedasi
Playa Venao, Pedasi – Foto: Lala Rebelo

Playa Venao é conhecida pelos surfistas. Quem vem ao Panamá e gosta das ondas, não pode deixar de conhecer. A praia, mesmo pra quem não surfa (meu caso), também tem seus atrativos. A areia é praticamente preta, o que a torna super diferente de tudo o que eu já tinha visto. Hotéis e hostels bacanas se enfileiram pela orla de Venao, que fica no Distrito de Pedasí, a 350km da capital.

Onde se hospedar: Playa Venao Hotel Resort ($$$$) e Selina Hostel ($$).

9 – Isla Iguana – Pedasí
Isla Iguana, Pedasi - Foto: Lala Rebelo
Isla Iguana, Pedasi – Foto: Lala Rebelo

Parece Caribe mas é Oceano Pacífico. E é MUITO AZUL TURQUESA! Fica no distrito de Pedasí, província de Los Santos, na costa Pacífica do país, a cerca de 5h de viagem da capital. Você pode conhecer Isla Iguana na mesma viagem a Playa Venao (acima). De Venao (ou de outras praias de Pedasí) você deve pegar um barquinho (cerca de 20 minutos apenas de viagem) para chegar neste cenário paradisíaco e desabitado! Maravilhoso, né?

Onde se hospedar: não há hotéis na ilha. Hospede-se nos hotéis de Playa Venao mencionados acima, ou na cidadezinha de Pedasí – Casa Lajagua ($$$).

10 – El Valle de Antón
El Valle de Anton Hotel Los Mandarinos - Foto: Lala Rebelo
El Valle de Anton Hotel Los Mandarinos – Foto: Lala Rebelo

Pra quem acha que o Panamá só tem praia e calor, está bem enganado! Além de Boquete, que já citei acima, tem também o Valle de Antón. Em um pouquinho mais de 1 hora de viagem saindo da calorenta capital, você chega a esse vale, fresquinho, rodeado de montanhas e hotéis com piscinas aquecidas. A cidade fica em uma das maiores crateras vulcânicas do mundo.

Onde se hospedar: Los Mandarinos Boutique Hotel & Spa ($$$$).

11 – Punta Chame
Punta Chame - Foto: Lala Rebelo
Punta Chame – Foto: Lala Rebelo

Punta Chame é uma praia no Oceano Pacífico, a apenas 1h30 de carro da Cidade do Panamá (super fácil de chegar, por rodovia com pista dupla). É famosa pela prática de esportes aquáticos e de aventura em geral (jet ski, wake board, motocross etc.) e em certas épocas do ano, pelo Kite Surf. Venta MUITO por lá!! O por do sol é imperdível.

Onde se hospedar: Nitro City Action Sports Resort ($$$$) e Hostal Casa Amarilla ($$$).

12 – Isla Coiba
Isla Coiba - Foto: surfersgarden.com
Isla Coiba – Foto: surfersgarden.com

Por último, mas não menos lindo e/ou importante: Isla Coiba. Coiba é um parque nacional, super preservado, famoso principalmente por sua vida submarina. Sem dúvidas, o melhor lugar do Panamá para fazer mergulho de cilindro ou de snorkel, e avistar peixes, tartarugas, raias e até mesmo o gigante tubarão-baleia. Para chegar, dirija 5h30 até Santa Catalina e de lá, pegue um barco até Isla Coiba (20 minutos).

Onde se hospedar (em Santa Catalina): Sol y Mar ($$$) e Coibahouse ($$).

…………………………….

E aí, gostou do Panamá e ficou com vontade de conhecê-lo? Espero que sim! Na próxima ida a Miami voando Copa Airlines (saindo de várias cidades brasileiras) não deixe de ficar alguns dias aqui nesse pedacinho da América Central.

Beijos e obrigada,

Lala Rebelo

Mariana, obrigada pelo espaço no blog! 🙂

LALA REBELO – Cuiabana que já morou em SP, França, EUA, Espanha, Inglaterra e hoje mora no Panamá. Publicitária, já esteve em mais de 50 países, 27 anos de idade e cumprindo a “duríssima” missão de conhecer todos os tons de turquesa do Caribe e mundo afora.
Autora do blog de viagens LALAREBELO.COM e do insta @lalarebelo_travelblog.

Contatos:

Site: www.lalarebelo.com
Instagram: @lalarebelo_travelblog
Facebook: /lalarebelotravelblog
Snapchat: lalarebelo
E-mail: hello@lalarebelo.com

Comentários

Comentários

2 comentários em “Panamá: 12 lugares para conhecer além do Canal

  • 02/02/2016 em 8:10 pm
    Permalink

    Mari, adorei participar!!! Panamá e miami estão tão próximos… todos deveriam esticar a conexão e conhecer esses paraísos. Obrigada pelo espaço!! Beijos, Lala Rebelo (www.lalarebelo.com)

    Resposta
    • 02/02/2016 em 9:04 pm
      Permalink

      Eu é que te agradeço Lala! Suas dicas são sempre excelentes, tenho certeza que os leitores vão querer conhecer o Panamá depois de ler o seu post 🙂 Beijos!!!

      Resposta

Deixe um comentário