Que tal voar sobre as águas de Miami?

Criado por Franky Zapata na França, o Flyboard é um dos esportes aquáticos radicais mais procurados no momento. O equipamento funciona com a pressão da água que é redirecionada através de uma mangueira de 60 pés que se divide em dois ejetores debaixo dos pés criando um efeito elevador.

Geralmente, com iniciantes, o controle é feito por um instrutor certificado até que o praticante pegue o jeito. Mas dizem que aprender a voar é mais fácil do que se pensa. De acordo com empresas que operam o Flyboard, após 20 minutos de prática já é possível aprender a controlar os movimentos fora da água. Alguns têm mais facilidade, mas de um modo geral, todos se divertem enquanto aprendem a voar.

Em Miami, o flyboard está por todas as partes. Mas uma dica importante se você quer praticar o esporte: Agende com antecedência para garantir o programa!

Confira 2 sugestões de empresas que oferecem o Flyboard em Miami:

Miami Watersports – Reservar com antecedência pelo site miamiwatersports.com, por e-mail ou telefone. Preços a partir de $115 (30 minutos). Endereço: 3400 Pan American Dr.

Foto de divulgação: Miami Water Sports
Foto Francois Rigaud Photography – Divulgação Miami Watersports

Miami Flyboard – Reserve com antecedência pelo site miamiflyboard.com, por e-mail ou telefone. Preços a partir de $149 (30 minutos). Endereço: 1635 N Bayshore Drive

Foto de divulgação: Miami Flyboard
Foto de divulgação: Miami Flyboard

Comentários

Comentários

2 comentários em “Que tal voar sobre as águas de Miami?

  • 29/03/2016 em 5:14 pm
    Permalink

    Valeuuuu Mari…. boa dica para quem quer sair um pouco dos passeios “tradicionais” e se aventurar um pouco num lugar espetacular.

    Infelizmente quando eu fui no último dia, fui direto na loja e descobri que precisava agendar com antecedência e acabei não conseguindo “voar”.

    Ficou para uma próxima agora… =/

    Resposta
    • 30/03/2016 em 12:11 pm
      Permalink

      Sim, a grande questão é esta: é preciso agendar com antecedência! Na próxima, a gente vai, beijos!

      Resposta

Deixe um comentário