5 dicas para não errar no hotel em Orlando

Já chegou naquela fase de definir a hospedagem das suas férias na Disney? Então, confira minhas 5 dicas para não errar na escolha do hotel em Orlando 🙂


+ 5 hotéis bons e baratos em Orlando

1 – Leia avaliações de quem já ficou

Uma das melhores maneiras de descobrir os pontos negativos e positivos do seu futuro hotel em Orlando é lendo as avaliações de quem já se hospedou nele. O booking é um dos melhores sites para fazer esse filtro. Comigo, sempre deu certo. Costumo considerar, principalmente, as notas de localização, limpeza e segurança. E quando diferentes hóspedes fazem uma mesma reclamação ligo o alerta vermelho.

hotel em orlando
Opiniões reais ajudam na escolha do hotel.

2 – Priorize a segurança

Nos últimos anos, relatos de brasileiros que tiveram seus pertences furtados em hotéis de Orlando colocaram o tópico segurança no radar dos itens de prioridades na hora da escolha da hospedagem. Por isso, prefira, por exemplo, hotéis com recepção 24 horas. Tenha atenção com os motéis americanos, que aqui não possuem a conotação de motel que temos no Brasil, mas são considerados como pousadas com custos mais baixos. O problema é que eles, geralmente, possuem porta para a rua e nem sempre contam com vigilância. Verifique também se no quarto há cofre para guardar os itens de valor e, se possível, tranque seus pertences pessoais em malas com cadeado.

Típico motel americano que é como uma pousada. Foto: Booking

3 – Informe-se sobre o café da manhã

A grande maioria das reclamações dos hóspedes no Booking é em relação ao café da manhã nos hotéis de Orlando, principalmente, quando se trata dos maiores com alto número de hóspedes. Geralmente, há filas, poucas opções e café ruim (ao estilo americano). Se para você, assim como para mim, é importante tomar um bom café da manhã antes de sair, considere esse quesito. Cheque também se o o café da manhã está incluso na diária e se, no quarto, há frigobar, o que pode ser útil para armazenar alimentos que podem complementar o café, além de serem levados para os parques.

Café da manhã em hotel pequeno pode ser mais tranquilo. Foto Holyday Inn/ Booking

4 – Considere o tempo da sua estadia

Se você está com os dias contados para parques, passeios e shoppings, certamente, não vai ficar no hotel durante o dia. Se é este o seu caso, escolha uma opção mais simples para economizar. Agora, se a intenção é aproveitar também alguns dias de descanso na piscina (exceto no inverno) e na área de lazer, aí sim vale a pena reservar um hotel com caráter de resort. Mas lembre-se que os hotéis considerados resort cobram uma taxa extra além do imposto municipal, a taxa de resort. Veja o exemplo da foto!

Alguns hotéis cobram além do imposto, a taxa de resort.

5 – Escolha uma boa localização

Localização é outro item considerado fundamental na hora de escolher a hospedagem. Entre as regiões preferidas pelos hóspedes estão a área da International Drive, avenida cheia de restaurantes, hotéis e lojas, a área da Universal Studios, que fica a 10 minutos da International Drive e a região de Lake Buena Vista, que fica próximo aos parques das Disney. Uma maneira de saber a distância do hotel até o seu ponto de interesse é colocar no Google Maps. Basta colocar o endereço do seu ponto de partida (no caso seu hotel), clicar em Rotas e adicionar o endereço do seu ponto de chegada. Pronto, lá você vai ter uma ideia do trajeto, distância e tempo de percurso. Veja no exemplo abaixo!

Pesquise o trajeto no Google Maps.
Gostou do post? Se você também tem alguma dica para ajudar os leitores, deixe nos comentários 🙂
+ Ingressos para o Cirque Du Soleil em Orlando

Comentários

Comentários

Deixe um comentário