5 coisas que você precisa saber antes de alugar um carro em Miami

Alugar um carro em Miami, assim como em outras partes dos EUA, pode gerar uma série de dúvidas. Separei as 5 mais comuns para ajudar com algumas dicas importantes.

 

Confira!


1 – Saiba como funciona os seguros do carro alugado 

De acordo com consultores da RentCars, o seguro obrigatório para a locação do carro é o de:

  • Proteção do Veículo – Chamado de CDW (collision damage waiver) ou de LDW (loss damage waiver), entre outras siglas.  Basicamente, ele protege o carro alugado contra roubo e danos causados por colisão.

Grande parte das locadoras incluem o custo deste seguro no valor da locação, mas nem todas fazem isso. Neste caso, o locatário precisa contratar o seguro separadamente ou na retirada do veículo em Miami.

Entre os seguros recomendados, mas não obrigatório, está o de:

  • Proteção contra Terceiros – Chamado de LIS ou SLI é o seguro que cobre as despesas do veículo atingido em caso de acidente com terceiros. Segundo consultores da RentCars, contratar essa proteção pode deixar o cliente mais tranquilo. “Nós sempre indicamos essa cobertura, mas ela não é obrigatória”.

RentCars mostra no momento da escolha do carro, quais seguros estão inclusos no preço e quais não estão. Veja:

Há ainda o “empurra-empurra” de seguros opcionais que é do interesse das locadoras e também dos atendentes que ficam no balcão da retirada do carro. Mas você não é obrigado a contratar seguros extras.

Dica:

De acordo com a RentCars, a instrução é que os clientes leiam o voucher de locação antes de viajar e, mesmo que não entendam bem o inglês, não assinem o contrato antes de confirmar os dados pessoais e os valores contidos nele.

Entre as coberturas opcionais “empurradas” no balcão mais comuns estão:

  • PAI, PEC, PAEC, PTI ou CPP (Carefree Personal Protection) – Tipos de seguro que oferecem Proteção Pessoal, mas se você já fez um Seguro Viagem, o qual recomendo aqui, não é preciso adquirir mais um seguro deste tipo.
  • UMP (United Medical Resources) – extensão da proteção de terceiros.

 

2 – Entenda o sistema de pedágio em Miami

Todo o sistema de pedágios das rodovias no entorno de Miami é automático. Grande parte dos carros alugados já está equipada com o dispositivo do TollPass (SunPass / E-Z Pass), que é o sistema de cobrança dos pedágios automáticos daqui, algo parecido com o Sem Parar que temos no Brasil.

A diferença é que, na maioria das vezes, você não precisa passar por uma fila específica com cancela. Nas rodovias, eles são registrados com equipamentos como o da foto abaixo. Já em lugares específicos, como no estacionamento do Aeroporto, há cancelas próprias para portadores do SunPass.

Pergunte se o seu carro já tem SunPass.

Apesar de você não ter que parar em cabines para pagar os pedágios, não significa que eles já estão pagos.

O aparelho SunPass/E-Z Pass vai registrar as suas passagens pelos pedágios automáticos. E a tarifas serão cobradas no cartão de crédito que você deixou registrado como caução na locadora.

Algumas locadoras oferecem um pacote fechado para uso do pedágio, ou seja, em vez de pagar por pedágio utilizado, você fecha um montante fixo para usar o SunPass durante toda sua viagem. Verifique se esse pacote vale a pena para você, já que os pedágios aqui não costumam ser tão caros.

Calcule aqui o número de pedágios de Miami a Orlando

Além dos pedágios ou pacote de pedágios, cada locadora pode cobrar ainda uma taxa de conveniência por dia de uso do TollPass.


Pista Expressa

Nas rodovias do Sul da Flórida, você verá em algumas rodovias, como na I-95, duas pistas separadas com estes divisores laranja (foto). Elas são chamadas Express Lanesusadas principalmente nos horários de pico, quando o trânsito fica carregado.

Se você estiver com o carro alugado com adesivo do Sun Pass (como explicado acima) você também poderá utilizá-la, mas a cobrança do pedágio poderá ser mais alta.

Foto: Florida Departament of Transportation.

Fique atento também se haverá saída da Express Lane antes de chegar no seu destino para não ficar preso nela e aumentar o tempo de viagem. Geralmente, o Waze indica a Express Lane quando possível.


3 – Não tenha surpresa com estacionamento

Estacionar em Miami pode pesar no bolso. É preciso pagar para estacionar na rua ou nos estacionamentos públicos, cujos preços saem em média entre $2 e $7/hora. Fiz um post há algum tempo explicando como funciona o pagamento do estacionamento. Veja aqui neste link!

Parquímetros são utilizados em estacionamentos de Miami.

No entanto, o que pode realmente sair caro é se o seu hotel não oferecer estacionamento gratuito. Já ouvi relatos de pessoas que pagaram $40 dólares por dia para deixar o carro no hotel, ou seja, mais do que aluguel do veículo.

Veja o Guia de Hotéis em Miami e o Guia de Hotéis em Miami Beach com dicas sobre os estacionamentos em hotéis!

Veja também este post com 3 opções de hotéis com estacionamento gratuito no entorno do Aeroporto de Miami!

Confira como funciona o estacionamento do seu hotel!

Na maioria dos shoppings e outlets, o estacionamento é gratuito. Mas lembre-se de nunca deixar suas compras e objetos de valor dentro do carro.


4 – Atenção com o m
otorista adicional

Você pode incluir um motorista para dirigir o veículo mediante uma taxa diária. Algumas locadoras oferecem o motorista adicional como cortesia.

Mas confirme se o nome adicional será incluído no contrato e no seguro. Ele também deverá apresentar CNH válida e passaporte.

Não deixe que nenhuma outra pessoa que não esteja no seguro dirija o veículo no período do aluguel, pois se acontecer um acidente, o seguro não arcará com as despesas.

Chegada no Centro de Miami

5 – Aluguel de GPS não é necessário se você tiver internet 

O GPS pode ser incluso na locação mediante pagamento de uma taxa extra por dia, mas o valor do aparelho pode ser substituído pela compra de um chip de internet para uso de aplicativos como Google Maps e Waze.

Esses aplicativos funcionam melhor dos que os aparelhos de GPS disponibilizados pelas locadoras, que geralmente são modelos simples e podem travar.

Se você não digitar o endereço corretamente com o nome da cidade no final, também pode ter problemas, diferente do Waze, por exemplo, que em muitas vezes mostra até o nome do local do destino.

+ Veja como comprar um chip de internet!
O Waze também pode inciar caminhos sem trânsito.
Veja também:
+ Guia completo para alugar um carro em Miami

 

O que achou das dicas?
Já teve algum problema ao alugar um carro em Miami? 
Conta sua experiência nos comentários abaixo 🙂

Comentários

Comentários